Content

Artigos
Home Artigos PIS e Cofins incidem sobre mercadorias recebidas como bônus, diz Receita

17/01/2022

PIS e Cofins incidem sobre mercadorias recebidas como bônus, diz Receita

Por José Higídio

Uma solução de consulta da Coordenação-Geral de Tributação (Cosit) da Receita Federal, publicada no último dia 24/12, determina a cobrança do PIS e da Cofins sobre mercadorias recebidas como bônus.

Os esclarecimentos quanto às contribuições foram solicitados por um supermercado. A empresa contou que recebe algumas mercadorias em bonificação, sem custos. Por isso, questionou se os produtos seriam considerados como receita financeira para fins de incidência do PIS e da Cofins e se permitiriam a tomada de crédito.

No documento, a Cosit explica que tais mercadorias entregues gratuitamente, sem vinculação à operação de venda, configuram descontos condicionais, consideradas receitas de doação. Por isso, são receitas auferidas pela adquirente, de modo que incidem sobre elas o PIS e a Cofins.

Ainda de acordo com a Receita, para determinar as alíquotas de contribuição, é necessário verificar se a receita é financeira ou comercial, com base nas condições contratuais. Caso sejam receitas financeiras, devem seguir os valores do Decreto 8.426/2015. Caso sejam receitas comerciais, sujeitam-se às alíquotas aplicáveis ao regime não cumulativo.

O PIS e a Cofins também incidem sobre a receita de vendas dos bens recebidos como doação, na forma da legislação geral dessas contribuições.

Na venda desses bens, a Receita afirma ser incabível o desconto de créditos do cálculo do PIS e da Cofins, já que não houve pagamento das contribuições em etapa anterior por outra pessoa jurídica, nem revenda de bens.

Por fim, a Receita assinala que, nos casos em que a empresa recebe bonificações na forma de mercadorias no mesmo documento fiscal, também não é possível descontar créditos do cálculo das contribuições na etapa de venda desses bens, já que também não houve o pagamento das contribuições em etapa anterior por outra pessoa jurídica.

SC Cosit 202/2021

Fonte: Conjur
20/05/2022
Receita adia entrega de escrituração contábil digital
20/05/2022
Difal: Estados podem acionar regra que impede restituição
20/05/2022
Estudo mostra impacto do Difal do ICMS na inflação
16/05/2022
Vista suspende julgamento sobre limites da coisa julgada tributária
16/05/2022
A caracterização da excludente de culpabilidade no crime de sonegação previdenciária exige que as dificuldades financeiras coloquem em risco a própria existência da empresa
16/05/2022
Imposto de Renda: contribuintes estão adiando declaração para elevar restituição
16/05/2022
Excessos de advogado não são cobertos pela imunidade profissional, afirma STJ
16/05/2022
Supremo julga cobrança sobre benefícios fiscais
16/05/2022
Parcelamento tributário por um devedor não afasta solidariedade dos demais
13/05/2022
Relp: negociações devem ser feitas por dois sistemas diferentes
13/05/2022
Plano Anual de Fiscalização da Receita Federal busca identificar irregularidades tributárias
13/05/2022
Comissão aprova proposta que reabre o Pert para renegociação de dívidas na pandemia
13/05/2022
Justiça autoriza bloqueio de criptoativos de devedores
13/05/2022
AGU questiona no STF a forma de cobrança de ICMS nos combustíveis pelos estados
12/05/2022
Comissão aprova proposta que isenta de impostos as aplicações financeiras das cooperativas Fonte: Agência Câmara de Notícias
12/05/2022
Análise de prejuízo fiscal deve ocorrer em 5 anos a partir da apuração, decide Carf
12/05/2022
Receita Federal suspende emissão da Nota Fiscal Eletrônica por três dias
12/05/2022
Governo zera imposto de sete categorias de alimentos a partir de hoje (12); veja o que muda
12/05/2022
Análise de prejuízo fiscal deve ocorrer em 5 anos a partir da apuração, decide Carf
12/05/2022
Comissão aprova proposta que altera base de cálculo de tributos sobre aplicações financeiras das cooperativas
VER TUDO
Por Eng
Seu Pedido
0

Você não tem itens
no seu pedido

Continuar Comprando